quinta-feira, 22 de março de 2018

Era uma vez, na Islândia... #2

Quando a viagem passou do sonho à realidade...

Dada a nossa disponibilidade, Março foi o mês escolhido e embora se encontre no limbo dos piores meses para visitar a Islândia, tivemos imensa sorte com o tempo!
Chegar à Islândia foi relativamente fácil, partimos de manhã e chegámos ao final da tarde, em voos tranquilos que se traduziram em duas etapas.(Faro-Londres/Londres-Keflavik).
Um dia "perdido" em viagens de avião que, com a emoção e entusiasmo pelo desconhecido, passou sem darmos conta...
Chegámos, e agora?
Como iríamos conhecer o país? Onde iríamos dormir?

Muita paisagem natural, pouca densidade populacional e uma fraca rede de transportes públicos (inexistente fora dos meios urbanos), foram as informações que nos saltaram à vista!
Não queríamos de modo algum cingir-nos à capital ou a qualquer outra cidade, estávamos determinados a conhecer o máximo e para tal, alugar um carro seria imprescindível!
E depois do carro, onde iríamos ficar? Hotéis, Guest housesHostels, qual a melhor opção? 
Pela pesquisa que fiz, e pelo que mais tarde vim a constatar, a maior parte dos alojamentos na Islândia, são Guest houses e Hostels, além das dezenas de Parques de campismo/caravanismo espalhados por todo o país. Hotéis, só mesmo nas  cidades ou junto de locais mais turísticos e não são muitos. 
Na minha busca pelas melhores opções de alojamento, deparei-me com uma solução nunca antes pensada, uma Camper van ! Nada mais, nada menos, que uma carrinha transformada numa "espécie" de auto-caravana. 
Confesso que nunca havia visto e nem sequer me imaginava numa, mas foi esta a solução ideal que encontrámos para o tipo de experiência que queríamos viver!
Além de se tornar mais económico, dar-nos-ia uma liberdade muito maior seria um 2 em 1!
Era perfeito, mais que perfeito, pois assim, já não estaríamos restringidos ao tempo, nem a paragens ou trajectos obrigatórios.
No primeiro dia, dormimos num hotel, por ser mais prático com o transfers do aeroporto, mas na manhã seguinte, logo bem cedo, um funcionário da empresa de aluguer das vans foi-nos buscar para nos levar até à nossa casa/carro...
O espaço disponível na van era muito limitado, tivemos de ser muito organizados, mas os seus poucos recursos foram mais que suficientes para dormir e comer... A casa de banho essa ficou por conta dos parques de campismo e locais públicos, algo que na teoria me fez alguma confusão, mas que na prática correu lindamente!
A postos para a nossa aventura,  a Ring road* espera-nos!!!...

Continua...

Voos para a Islândia pela Easyjet
Hotel com tranfers gratuito do e para o aeroporto: Bed and breakfast Keflavik Airport Hotel 
Empresa de aluguer de Camper vans: Happy campers 

4 comentários:

Patricia Gil disse...

... e agora ainda te admiro mais!!!!

Edien Mar disse...

Tão querida! Um grande beijinho.

Cristina Santos disse...

Wowww!!
Espectáculo!!!

Edien Mar disse...

Mesmo Cristina! Recomendo! ;)