sexta-feira, 6 de outubro de 2017

O melhor da vida - Improvisar

Um feriado em dia útil é um recarregar de energia para os miúdos, é um "e agora quê?" para mim.

Sozinha com os dois prevejo um dia longo, um dia gigante pela frente...
Ficar por casa, num dia lindo de sol é quase um pecado.
Pensar rápido é imperativo! Tenho de inventar algo, mais que não seja um momento simples, diferente, algo que os liberte da rotina e os faça felizes.

E assim foi... Arrumei o mais depressa que consegui o meu trabalho, fechei os olhos aos afazeres domésticos e deitei mãos à obra a um lanche rápido e simples.
A ideia?... Levá-los ao parque de lazer da nossa cidade, deixá-los brincar até cansar e terminar o dia com um jantar em modo piquenique.
Brincaram juntos, felizes e sem pressas. 
Correram, jogaram à bola e, sem dramas, chegámos ao final da tarde, a um por do sol magnífico, perfeito para picnicar as nossas sandes e fruta que levei na mochila.
Sem grandes complicações, sem nenhuma expectativa, os planos que fiz souberam-me tão bem!
O pânico do "E agora quê?" deu lugar ao "Vamos a isso, vai ser giro!" 
E foi!
Bem, quer dizer...Teria sido ainda mais se os mosquitos não tivessem decidido fazer-nos companhia na hora de comer...



2 comentários:

Joana disse...

Deve ter sido mesmo muito agradável! :) As fotos traduzem muita paz. Beijinho

Edien Mar disse...

E foi mesmo Joana. Muito obrigada e um grande beijinho <3